Emagrecer se tornou uma grande preocupação para as pessoas, especialmente quando se aproxima o verão.

Muitas pessoas, de acordo com as suas necessidades, usam e abusam de dietas para alcançar seus objetivos de forma rápida, mas será que isso faz bem para a saúde?

Entenda mais a seguir!

Como emagrecer em casa?

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, é possível emagrecer sem sair de casa, porém, é necessário ter equilíbrio ao fazer suas escolhas.

O recomendado é sempre consultar especialistas, mas nem sempre isso é possível devido as nossas limitações econômicas, não é mesmo?

Nesse tipo de situação aonde há pouca disponibilidade financeira para fazer uma dieta ou melhor dizendo, uma reeducação alimentar, o recomendado é pesquisar informações com profissionais em redes sociais e estar atento as suas dicas.

A questão é generalizar emagrecimento como sinônimo de saúde, pois nem sempre isso é verdade.

Quantas pessoas você conhece que fizeram dietas, emagreceram e depois ganharam os quilos novamente?

O que quero dizer a você é que se torna possível emagrecer com saúde, mas sem desespero seguindo dietas milagrosas.

O recomendado é que se faça uma reeducação alimentar.

Ao realizar uma reeducação alimentar, você reduzirá o seu peso de modo saudável e permanente, sem colocar sua saúde em risco.

Veja como fazer isso!

Se quiser ver um artigo mais completo com 5 dicas de como emagrecer em casa, clique aqui.

Dietas funcionam?

Nem todas a dietas funcionam e muitas são prejudiciais à saúde. O recomendado é sempre ir a um especialista no assunto e pedir exames para avaliar as necessidades metabólicas de forma particular.

Vou te explicar e desconstruir de forma lógica porque certos tipos de dieta malucas são ruins!

A primeira questão é que envolve sacrifício para obter objetivos a curtos prazos.

E depois? Se voltarmos a nossa alimentação comum, vamos engordar todos os quilos perdidos novamente e o sacrifício será em vão, além da sensação de frustração.

A segunda questão é que ao restringir a alimentação realizando essas dietas malucas faz com que o corpo tenha pouco fornecimento de determinado tipo de nutrientes e vitaminas essenciais ao funcionamento correto do corpo.

Isso pode prejudicar a saúde de quem realiza esse tipo de ação.

Como último argumento está no fator psicológico, aonde a nossa mente fica conturbada devido à falta de nutrientes e gera um estresse emocional em quem realiza esse tipo de dieta.

O resultado disso é uma sensação de compensação após chegar no objetivo com um ganho de superior ao inicial.

Logo após a sensação de vitória, será a de relaxamento e aproveitar a meta conquistada, que dependendo de nossas ações será transformada em frustração após voltarmos ao nosso peso inicial.

Se houver uma frustração muito grande, pode gerar uma sensação de fracasso e iremos aumentar nosso peso inicial.

Quero emagrecer, o que fazer?

Se você precisa emagrecer por questões médicas ou estéticas, vou lhe passar algumas dicas gerais que irão lhe auxiliar a fazer seu corpo funcionar melhor, gastar mais energia e consequentemente emagrecer.

Assim como engordar se torna um hábito ou processo, emagrecer funciona da mesma maneira, porém em sentido inverso.

Ninguém ganha peso do nada, assim como ninguém deve emagrecer de uma hora para outra.

O recomendado é que deve ser um processo gradativo. Para você que deseja perder alguns quilos, saiba que incorporar uma sopa em sua refeição se torna uma excelente opção, porém jamais deve substituir completamente a comida sólida.

Utilize a sopa como sua amiga para substituir o shake que você pagaria mais caro e que não lhe ajudaria tanto, pois esse tipo de alimento pode possuir altas quantidades de gordura e carboidratos para garantir que sua fome suma.

Sabe qual é o benefício de fazer isso? Além de ser mais barato, se torna muito mais nutritivo e saudável! Interessante não é mesmo?

Vamos a uma receita de sopa para auxiliar seu emagrecimento que é fácil de ser preparada!

Receita de sopa: Creme de ervilha

Antes de passar essa dica de sopa incrementada, vou explicar a você algo importante para o sucesso dessa dica: A quantidade e o modo de consumo!

  • Quantidade: Na hora de preparar o creme de ervilha, indico a você pesar os ingredientes para saber exatamente quantas calorias está preparando.
  • Modo de consumo: Na hora de consumir, moderação! Indico que o consumo da sopa seja à noite, pois é o momento em que nosso organismo começa a desacelerar, gastando menos energia e armazenando mais facilmente, pois estamos preparados para dormir.

Como dito, aconselho à noite, mas adapte ao seu cotidiano. Apenas se lembre de seguir a dica de comer pouco a noite.

Opte por refeições leves e deixe seu organismo leve para dormir melhor e acordar mais disposto.

Para você que tem uma rotina mais agitada, aconselho preparar uma porção grande e dividir posteriormente em pequenas porções para o seu cotidiano, mas sempre pesando para controlar as calorias ingeridas.

Ingredientes:

1 kg de ervilha partida (ou a 150g para uma única refeição)

1 folha de louro para saborizar

Legumes a gosto de acordo com sua preferência

Modo de preparo:

Caso você opte por utilizar a ervilha do tipo partida, deixe de molho por 12h e cozinhe até que fique com uma textura macia.

Após esfriar um pouco, leve ao liquidificador a ervilha com o caldo de cozimento para formar uma espécie de creme.

Leve ao fogo novamente para temperar e adicione mais água, caso queira uma consistência mais líquida.

Se for de seu agrado para melhorar o gosto e a saciedade, pode adicionar ao caldo legumes de baixas calorias como abóbora, couve, nabo e etc.

Conclusão

É importante estar sempre atento ao que ingerimos ao longo do nosso cotidiano, por isso a sopa lhe ajudará a emagrecer, mas caso outras refeições estejam desequilibradas, é importante pensar em soluções para diminuir o número de calorias.

Como expliquei, não existe dietas milagrosas da sopa, pois isso não pode ser mantido a longo prazo por não fazer bem a saúde.

Opte por equilibrar bem os alimentos que você consome ao longo do dia e evite comer alimentos pesados a noite.

Gostou desse artigo? Comente e compartilhe, cada comentário ou compartilhamento me incentivam a fazer mais artigos para lhe ajudar.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •