Muitas vezes achamos que emagrecer é um processo que só pode ser realizado de forma complicada e que envolva muito dinheiro, consultas com especialistas ou seja precisa um esforço muito grande.

Se você tem essa visão, está completamente enganada! Entenda nesse artigo porque emagrecer pode ser mais fácil com essas 5 dicas que lhe auxiliarão a chegar nos seus objetivos sem grandes esforços e sem sair de casa!

E o melhor de tudo isso, sem gastar muito, utilizando coisas bem simples e sem mistérios.

Dica 1: Dieta de 17 Dias Com Grupo Vip 2.0

Dieta de 17 Dias, é um e-book completo com Grupo VIP no Facebook para você aprender do ZERO a como emagrecer de forma saudável e rápida em apenas 17 dias! Mesmo que você não tenha muito tempo disponível e não saiba nada sobre alimentação saudável ou perda de peso.

Eu recomendo.

Dica 2: Substitua comidas prontas por caseiras

Emagrecer é uma tarefa que necessita um pouco de esforço, porém, algumas pessoas acreditam que isso pode ser mais difícil do que realmente é.

Isso acontece devido ao apego de comer determinados alimentos nada saudáveis.

Para emagrecer é importante abrir mão de determinados hábitos nocivos, como por exemplo, deixar de consumir sempre que possível comidas prontas ou industrializadas.

Digo isso porque esses tipos de alimentos são ricos em gorduras saturadas e carboidratos refinados, o que fornece uma carga energética muito grande para o corpo, fazendo com que estimule o mesmo a armazenar esse excesso de energia em forma de gordura.

Dentre os alimentos que devemos evitar, destacam-se:

  • Pizzas ou lanches;
  • Bolachas;
  • Refrigerante e sucos de caixinha ou pacotinho;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Comidas congeladas;
  • Maionese, molhos e condimentos;
  • Alimentos que passaram por processo de fritura;
  • Alimentos que contem grandes quantidades de farinha branca;
  • Doces.

Ao consumir esses tipos de alimentos estamos engordando gradativamente. Se seu objetivo é emagrecer em casa, corte esses alimentos imediatamente!

Caso não consiga, tente reduzir suas porções. Se não puder abandoná-los, limite-se a comer pequenas porções desses alimentos!

O ideal é sempre comer comidas caseiras, pois estas tendem a ser menos calóricas, livres de conservantes e corantes, além de saciar a fome com maior eficiência, pois nos ajudam a comer menos entre os intervalos das refeições.

Dica 3: Aprenda a comer de modo equilibrado e saudável

Complementando a dica anterior, é preciso comer alimentos que contenham valor nutricional e não bobagens industrializadas cheias de calorias e que levaram ao terrível ganho de massa, e sabemos que não é isso que você quer, certo?

Muitas vezes comemos certo, mas em proporções desordenadas. A questão é que se torna necessário ter controle do quanto se come e o que se come, não esquecendo da importância de cada alimento em nosso organismo.

Isso quer dizer que nosso prato deve ter um equilíbrio para os macronutrientes, sendo estes:

  • Carboidratos;
  • Gorduras;
  • Proteínas.

A quantidade que cada alimento fornece desses macronutrientes é variada, por isso caso você deseje emagrecer em casa, é importante optar pela contabilização dos alimentos ingeridos através do auxílio de uma balança, juntamente a um aplicativo que contabilize as calorias.

Dica 4: Aprenda a diversificar e colorir o seu prato

Comer deve ser um ato de prazer, mas é importante fazer isso pela motivação correta, pois devemos comer para ter energia e nos sentir bem com nosso corpo e não utilizar a comida como fuga dos problemas e frustrações.

Pensando desse jeito, colorir o prato com alimentos saudáveis enche nossos olhos para apreciar a beleza da comida, em vez de apenas comer e sentir o gosto do alimento.

Diversificar as cores dos alimentos se torna importante, pois cada alimento considerado saudável possui funções diferentes de acordo com a sua composição, o que auxilia no aumento da saúde e ao mesmo tempo a emagrecer.

Dentre as cores que devemos inserir em nosso prato para colori-lo:

  • Verde: Vegetais em geral como repolho, alface e etc;
  • Branco: Alho e outras raízes como gengibre e etc;
  • Amarelo ou laranja: Frutas e vegetais como laranja, abóbora e etc;
  • Vermelho: Frutas e vegetais como tomate, maçã e etc;
  • Roxo: Vegetais e frutas como repolho, amora e etc.

Dica 5: Faça da água sua aliada

Uma causa que faz as pessoas ganharem peso é a retenção de líquidos ou mesmo inchaço abdominal devido a uma alimentação rica em minerais que fornecem substâncias como o sódio e potássio, os quais fazem a ingestão da água em pouca quantidade em nosso organismo.

A água possui um papel fundamental de limpeza dos nossos órgãos, ajudando em seu bom funcionamento, por isso é fundamental consumir no mínimo 2 L de água ao longo do dia.

Uma dica que posso lhe dar é utilizar alimentos que possuem propriedades termogênicas, como o gengibre e o limão para serem extraídas pela água e acelerar o seu metabolismo.

Outra sugestão é beber a água gelada, pois irá fazer com que o organismo transfira energia para o aquecimento da água.

O único cuidado é evitar consumir água muito gelada, pois pode prejudicar alguns órgãos podendo levar até mesmo ao infarto, câncer, dentre outros.

E a última recomendação é você consumir chás, como por exemplo o chá de gengibre, chá verde, chá de hibisco,  pois ajuda a reduzir o acúmulo de gorduras no corpo.

A dica que lhe dou é realizar o consumo de chás após as refeições.

Dica 6: Aprenda a incorporar fibras em sua alimentação

As fibras têm papel fundamental no emagrecimento, pois ajudam a regular o intestino e a reduzir inchaços. Muitas vezes temos a impressão de que precisamos de uma dieta, mas a verdade é que temos problemas intestinais.

Nesse sentido, adicionar fibras a alimentação pode ser uma excelente alternativa para reduzir o inchaço abdominal, regularizando o organismo e ajudando manter o fluxo intestinal de modo estável.

Dentre os alimentos que contêm fibras, e que irão lhe ajudar, destacam-se:

  • Leguminosas: Feijão, Ervilha, soja em grão, lentilha, etc;
  • Grãos, farelos e farinhas integrais: arroz, linhaça, aveia, milho, trigo, etc;
  • Pães e biscoito integrais : Farinha integral, milho, etc;
  • Vegetais: Agrião, alface, abóbora, beterraba, brócolis, couve-flor, batata-doce, cenoura crua, cebola, tomate cru, pimentão, etc;
  • Frutas: Abacate, abacaxi, banana, caju, ameixa seca, maçã com casca, laranja, mamão, melancia, melão, etc.

Dica: Faça um suco de laranja batido com mamão e ameixa seca, de preferência no lanche da tarde. Além de ser muito delicioso, ele possui uma grande quantidade de fibras, que ajudará a regularizar seu organismo.

Dica 7: Realize exercícios em casa

Se você deseja dar um passo a mais no seu processo de emagrecimento, aprenda a fazer exercícios em casa.

Muitas vezes temos dificuldade de emagrecer devido ao nosso corpo ter uma determinada disposição genética de armazenar gordura em determinados locais.

A melhor maneira de evitar isso é através de exercícios que utilizam a gordura como fonte de energia para o surgimento de novas fibras musculares, reduzindo assim nossas medidas.

Uma recomendação que lhe dou é assistir vídeos de exercícios em casa em plataformas de vídeos, como o Youtube, que possui excelentes opções de exercícios para você realizar em casa com toda a segurança de um profissional lhe ensinando a maneira correta.

Conclusão

O emagrecimento é uma questão de hábitos e pode ser divertido quando consideramos fazer aquela zumba em casa na sala e especialmente substituindo comida que nos fazem mal por outras que farão nosso corpo trabalhar com mais eficiência e nos permitirá aumentar nosso bem-estar.

Saiba que emagrecer é possível e só depende de você!

Gostou desse artigo? Comente e compartilhe, cada comentário ou compartilhamento me incentivam a fazer mais artigos para lhe ajudar.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •